fbpx
castrar cao e gato

Castração, conheça os benefícios para os cães e gatos

O avanço das técnicas veterinárias tem proporcionado uma vida mais longa para cães e gatos.

Em decorrência disso, o número de animais cresceu consideravelmente, já que a expectativa de vida aumentou.

Por conta desse, entre outros fatores, a castração se tornou um procedimento muito importante para o controle da procriação animal, que antes era bastante descontrolada.

Porém, engana-se quem pensa que essa é a única finalidade ou benefício proporcionado pela cirurgia.

Segundo veterinários, a mesma traz diversos benefícios para cães e gatos, que podem ser facilmente observado após a cirurgia.

Uma das principais benesses é a prevenção de doenças que podem vir a matar o animal.

Citamos como por exemplo o tumor que atinge as fêmeas nas mamas e nos machos na próstata.

Além disso, o comportamento do animal altera para melhor e a fêmea deixa de menstruar e passar pelos famosos desconfortos nesse período.

Muitos donos de pets têm medo de realizar o procedimento por não saber exatamente quais serão os efeitos posteriores ao animal.

É importante saber como é feito o procedimento e qual é a importância do mesmo para a vida dos bichinhos.

Por isso, separamos 4 benefícios principais que a castração pode trazer para cães e gatos. Confira:

Acaba com a gestação e cio

Principalmente para os gatos, que geralmente saem durante o dia para a rua, a procriação constante sempre foi um problema.

Cachorros de rua também sofrem com isso.

A fêmea por natureza, assim como nós humanos, entra no cio, atraindo os machos para acasalamento.

Os cios das cadelas são semestrais, enquanto nas gatas podem ocorrer até quatro vezes ao ano, gerando bastante desconforto para ambos os animais, que necessitam usar fraldinhas pela casa e fugir dos machos.

Por isso, a castração (que pode ser feita logo no primeiro ano de vida do animal) é a melhor opção para aliviar a fêmea desses percalços causados pelo cio e as gestações indesejadas.

Previne doenças

Como já mencionado, o câncer atinge muitos animais que não foram castrados, afetando as mamas nas fêmeas e a próstata nos machos.

Para a remoção do tumor, a cirurgia é prescrita pelo veterinário, mas traz muitos riscos à vida do animal, podendo levar à morte.

Nas fêmeas não castradas, a inflamação no útero também é outro problema recorrente e grave.

Por conta disso, a castração é essencial para evitar tais doenças que podem diminuir o tempo de vida do animal.

Altera o comportamento

Os animais que são castrados deixam de produzir o hormônio da testosterona, que é um dos fatores responsáveis pela agressividade de certos animais.

Com a castração, esse hormônio é cessado e a agressividade diminui consideravelmente, ajudando na convivência com outros animais na casa.

Além disso, o instinto de fazer xixi por todo canto da casa para marcar território também diminui.

A diminuição do metabolismo auxilia no controle da agitação do animal, que passa a ficar mais quieto e dormir mais.

Sendo assim, a castração logo no primeiro ano de vida auxilia no bem-estar do próprio animal e na manutenção da sua casa!

Aumenta o tempo de vida do animal

Pelo fato de prevenir doenças, a castração reduz a necessidade de cirurgias na velhice e a morte por conta de doenças mais graves.

Além disso, a aquietação e maior tranquilidade do animal impedem que este tenha vontades constantes de sair de casa, como acontece com os gatos, diminuindo os riscos de atropelamentos e de contaminação.

Assim, a estimativa é que o procedimento prolongue a vida do animal em por mais alguns anos.

Conte com nossos serviços de veterinária e pet shop.

Acesse o site e confira. 

246 comments

Deixe um comentário

X